Dicas

A contabilidade é a chave para o planejamento estratégico

A contabilidade é a chave para o planejamento estratégico

Setor gera dados para todas as áreas da empresa e apóia a tomada de decisões

Medir, coletar e reportar dados fiscais são tarefas que requerem muita atenção em uma empresa. Conseqüentemente, a contabilidade é mais do que necessária para lidar com essas tarefas. Portanto, uma boa comunicação com a indústria faz toda a diferença na definição de tarefas e objetivos.

A prática contábil ajuda os líderes empresariais a manter a situação financeira estável e positiva, desde o fluxo de caixa até o balanço patrimonial. Isso permite que os gerentes revisem as informações de que precisam antes de tomar suas decisões. E para que possam prever situações de risco, por exemplo, explica a consultora de gestão Cida Montijo.

Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), 60% das empresas com menos de cinco anos de atividade fecham. Isso acontece por dois motivos principais: falta de planejamento e falta de ou gestão financeira ineficaz. Por meio dessa pesquisa, podemos entender melhor a importância do planejamento, principalmente das finanças, acrescenta.
No dia-a-dia da empresa, a contabilidade cuida do fluxo de caixa, controle financeiro e econômico, situação de estoque, balanço patrimonial para os resultados do exercício, análise de lucros e perdas. Outras atividades importantes nesta área são o relacionamento da empresa com bancos e fornecedores, bem como a demonstração de balanços, acrescenta Cida.

Finanças e Planejamento Estratégico

Para um bom planejamento tático, a situação financeira precisa ser consolidada. Com as informações contábeis de cada setor, é possível produzir planejamentos mais sólidos e adequados. Esta área contém todos os números importantes para o funcionamento da organização. E determina investimentos para o crescimento da empresa, relata. Portanto, a escolha de um profissional ou empresa para oferecer este serviço deve ser cuidadosa. Lembrando que todos os demais setores dependem da contabilidade para tomar decisões.
É possível planejar despesas de longo prazo como compra de matéria-prima, valores de manutenção ou folha de pagamento. Acompanhando as contas e os compromissos do governo e planejando as metas de crescimento dos lucros, o especialista conclui.

Fonte: Cida Montijo, escritora e consultora empresarial. Ela estudou literatura e trabalhou como professora de português e espanhol. Graduada em Educação Empresarial pela PUC, mudou para consultoria de gestão e recursos humanos e construiu um programa de consultoria em gestão empresarial com experiência no Brasil e no exterior. Ela é especialista em terapias integrativas e autora do livro Emotions and their frequencies – um salto quântico para o equilíbrio.

imagem: Divulgação / Assessoria de imprensa

Adicionar comentário

Clique aqui para publicar um comentário