fbpx
Política Rio em Foco

Dr. Jairinho tem mandato cassado pela Câmara de Vereadores do Rio

Em sessão plenária da Câmara do Rio, nesta quarta, 30,  pela primeira vez na história da casa parlamentar um vereador é cassado por unanimidade. A cassação  também impede que Jairinho se candidate a cargo público por oito anos

Jairo Souza Santos Júnior, o Dr. Jairinho (sem partido) é réu pelo assassinato de seu enteado Henry Borel de 4 anos. Participaram da votação49 vereadores que disseram sim pela cassação, o único ausente foi vereador Dr. Gilberto (PTC) por  licença médica.

No lugar de Jairinho, assume Marcelo Diniz Anastácio, que deve ser convocado para a diplomação no cargo de vereador na próxima sexta-feira (2).

Após a divulgação do resultado, o vereador Tarcísio Motta (PSOL) leu para o plenário uma mensagem que disse ter recebido do pai de Henry, Leniel Borel.

“Estamos vendo a justiça sendo feita. A quebra do decoro parlamentar e a respectiva cassação desse monstro é uma resposta à sociedade, devido ao covarde assassinato do meu filhinho e as demais acusações claras contra esse assassino” – leu  Motta.

Adicionar comentário

Clique aqui para publicar um comentário