fbpx
Saúde

Taxa de natalidade cai no Brasil: especialista explica os motivos

Taxa de natalidade cai no Brasil: especialista explica os motivos

A população brasileira está sofrendo uma redução alarmante durante a pandemia. Além dos grandes números de óbitos, o país registra uma queda na taxa de natalidade neste período. Em março de 2021 foram 13 nascimentos para cada 10 óbitos no país. em 2020, nesta mesma época,  a taxa era de 22 para 10. O mesmo levantamento feito com base em dados de cartórios da Arpen (Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais) mostra que neste mês (abril) pela primeira vez, oito estados estão registrando menos nascimentos do que mortes.

A grande parte dos estados brasileiros registrou mais enterros do que partos de janeiro de 2020 a abril de 2021. O problema é delicado e, já vai afetar as próximas gerações do país. A médica-diretora do Vida-Centro de Fertilidade, Maria Cecília Erthal, esclareceu algumas dúvidas sobre o assunto:

Qual seria o maior motivo da queda de natalidade?

O principal o motivo foi a incerteza no início da pandemia sobre os efeitos do Corona vírus sobre o feto e na gestação propriamente dita. As mulheres foram desaconselhadas a engravidar por que a evidência científica não tinha provado a segurança  dessa virose na gestação. Hoje em dia sabemos que não ocorre a transmissão vertical do vírus , ou seja o feto está protegido pela barreira placentária, porém  já existe evidência de aumento nas taxas de complicações obstétricas principalmente no terceiro trimestre da gestação. O estresse e medo da doença também podem estar atrapalhando mulheres que estão tentando engravidar.

O novo coronavírus pode estar relacionado à abortos no caso de mães infectadas?

Apesar de sabermos que o corona vírus não atravessa a placenta é fato que qualquer infecção que ocorra na gestação  aumenta as taxas de abortamentos, pelo stress que a infecção causa no organismo materno.

Qual é o conselho para mulheres que não querem abrir mão do sonho de ser mães e desejam engravidar este ano?

A situação ideal é que aguardem a vacinação para então  engravidarem . Para aquelas  que são tempo sensíveis, ou seja , mulheres nas quais a perda de  tempo pode causar um dano irreversível na chance da gravidez acontecer, aconselhamos que engravidem logo.

Foto: Divulgação – Assessoria de imprensa

Adicionar comentário

Clique aqui para publicar um comentário