fbpx
Saúde

Declínio da saúde mental dos brasileiros devido a pandemia de Covid-19 gera preocupação

Declínio da saúde mental dos brasileiros devido a pandemia de Covid-19 gera preocupação

A taxa de funcionários pedindo o afastamento em seus trabalhos por conta de transtornos mentais aumenta

Os transtornos mentais  já atingiram grande parte da sociedade.  Depressão, ansiedade,  pânico, estresse são alguns deles que afetam as crianças, jovens, adultos e até idosos. A sociedade tem cada vez mais se conscientizado sobre a necessidade de falar sobre e busca diariamente realizar campanhas e ações que auxiliem  as pessoas a melhorar sua saúde mental.

Em 2020 com o início da pandemia de coronavírus os transtornos mentais se tornaram ainda mais recorrentes, agravando aqueles que já tinham o quadro e crescendo o número de pessoas que as têm. Conforme a OMS, são quase 19 milhões de brasileiros diagnosticados com ansiedade.

A especialista em desenvolvimento humano Ester Gomes deu a seguinte declaração:  “ Cuidar da saúde mental é necessário para as nossas vidas, ainda existem muitos tabus  que precisam ser extinguidos, como o aquele conhecido de que fazer psicólogo é coisa de doido.Não tenha vergonha de procurar ajuda e cuidar da sua saúde mental buscando uma qualidade de vida melhor.”

O cenário de pandemia, medo, incertezas e adaptação ao novo estilo de trabalho como Home Office desestruturou  a sociedade. De acordo com dados da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho a concessão de auxílio-doença e aposentadoria por invalidez devido a transtornos mentais e comportamentais  atingiu recorde em 2020, somando 576,6 mil afastamentos,uma alta de 26% em  comparação  ao registrado em 2019.

De fato, o coronavírus afetou não só a saúde física mas como também a mental. Em conformidade com a empresa de consultoria em recursos humanos Mercer Marsh Benefícios, o número de corporações brasileiras que procuram serviços de psicologia para seus trabalhadores passou de 2,2 milhões, antes da pandemia, para 8,1 milhões, após a Covid-19. O número de consultas também aumentou de 6 mil para 14 mil no mesmo período.

Por fim, a especialista Ester Gomes completa: “ Alguém que tem um transtorno mental passa por momentos difíceis no trabalho, na maioria das vezes como a falta de rendimento ou até a estagnação. E isso acarreta na frustração do funcionário levando ele a piorar o seu quadro. Por isso, é de suma importância que as empresas sejam conscientes sobre os transtornos mentais e busquem dar um suporte para seus funcionários visando o bem-estar deles.”

Maria Eduarda Miguez
Assessoria de Imprensa – Airam Comunicação
@airam_comunicação | (21) 3253-8263 WhatsApp – (21) 98565-8537

Imagem da capa: Divulgação Assessoria de imprensa

Adicionar comentário

Clique aqui para publicar um comentário